piemonte fm

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

NACIONAL: Época destaca condenação de Cássio após críticas ao governo de Dilma


PUBLICADO EM :
cassio
A coluna do jornalista Felipe Patury destacou que o líder do PSDB no Senado e principal voz da oposição que defende o impeachment da presidente Dilma Rousseff, o  paraibano Cássio Cunha Lima, é condenado por uso indevido do dinheiro público na campanha eleitoral de 2006. Os crimes eleitorais cometidos por Cássio também foram destaque no portal nacional “Brasil 247″.
Confira publicação na íntegra:
Principal voz no Senado em defesa do impeachment da presidente Dilma Roussef, o líder do PSDB na Casa, Cássio Cunha Lima (PB), foi condenado pelo Tribunal Superior Eleitoral por crime eleitoral em razão dos excessivos em com publicidade no ano de 2006 quando era governador e disputou a reeleição. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) julgou o processo no dia 5 de fevereiro e negou o recurso do parlamentar que pedia a anulação da condenação do TRE da Paraíba de 2010 pelo mesma irregularidade. Cunha Lima tinha sido condenado a pagar 100 mil UFIRs (R$ 106 mil). A condenação foi mantida por decisão da ministra Maria Thereza de Assis Moura. Na decisão, a ministra afirma que os R$ 22 milhões gastos nos primeiros seis meses do ano de 2006 superam em muito a média do período 2003-2006 do mandato do então governador.
Polêmica Paraíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário