piemonte fm

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Homem é preso e confessa assassinato da mãe adotiva com golpes de enxada na PB


Suspeito pelo crime pediu socorro à Polícia Militar para não sofrer linchamento; confusão mental do homem pode ser sinal do uso de entorpecentes durante o ato criminoso; homicídio também em JP
Polícia | Em 09/12/14 às 23h54, atualizado em 10/12/14 às 00h31 | Por Gustavo Medeiros
Reprodução
Município de Manaíra, no Sertão
Um homem de 35 anos foi preso após confessar assassinato da mãe adotiva, de 79 anos, a golpes de enxada na cabeça. O crime ocorreu no município de Manaíra, no Sertão da Paraíba, a 370 km de João Pessoa, no fim da tarde desta terça-feira (9). Um homicídio também foi registrado na Zona Sul da Capital, durante a noite.

Segundo o soldado Leal, da Companhia de Polícia Militar de Princesa Isabel, que engloba a região, um policial se deparou com o suspeito correndo em via pública.
“O agente, ao sair do estabelecimento de trabalho, se deparou com o homem, que solicitou ajuda para não ser linchado pela população”, disse, acrescentando que, nesse momento, houve a confissão do crime ao oficial.

Nesse momento, uma guarnição da PM, acompanhada do suspeito, se dirigiu à casa da vítima, encontrando-a com a cabeça esmagada.

À polícia, o suspeito disse que desferiu cerca de 10 a 15 golpes na idosa.

“Questionado sobre os motivos para o homicídio, ele informou apenas que não gostava dela. Muitas vezes, inclusive, pedia dinheiro à vítima e esta não dava”, contou Leal, que também afirmou que o homem apresentava características de confusão mental, havendo a possibilidade do mesmo ter agido sob o efeito de entorpecentes.

Ele foi preso e seria direcionado à Cadeia Pública de Princesa Isabel. A Polícia Civil foi acionada e dará prosseguimento às investigações. O corpo da vítima seria direcionado para o Instituto Médico Legal de Patos.
Em João Pessoa, por volta das 21h, um homem foi assassinado a tiros no bairro de Mangabeira IV, nas proximidades do terminal do ônibus 301. Segundo agentes da Delegacia de Homicídios da cidade, o caso ainda estava sendo apurado por uma equipe no local da ocorrência e ainda não havia informações sobre a autoria do crime ou possíveis motivações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário