piemonte fm

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Vereadores de CG, ligados a Cássio, ameaçam fazer piquete em frente ao Palácio da Redenção


Vereadores de CG, ligados a Cássio, ameaçam fazer piquete em frente ao Palácio da Redenção
 Vereadores de Campina Grande ligados politicamente ao senador Cássio Cunha Lima (PSDB), querem fazer pressão ao governador reeleito Ricardo Coutinho (PSB), na reta final do seu primeiro mandato. Na sessão ordinária da última terça-feira, eles ameaçaram fazer piquete em frente ao Palácio da Redenção como forma de pressionar o governador a receber a comitiva em caráter de urgência para uma audiência.


O vereador Murilo Galdino (PSB), já assumindo a missão de porta voz de Ricardo na Casa, ponderou que a agenda governamental é sempre intensa e que seria necessário um contato preliminar. O vereador Ivan Rodrigues (PROS) colocou como data limite uma audiência que seja marcada para essa quarta-feira (05).


Eles vão reivindicar a construção de uma adutora que transporte a água da barragem de Acauã para abastecer a cidade. No início de dezembro, a Companhia de Água e Esgotos do Estado da Paraíba (Cagepa) dará início ao sistema de racionamento. Caso o governador não abra um espaço na sua agenda amanhã para recebê-los, os parlamentares já anteciparam que seguirão pra João Pessoa em um ônibus e ficarão na frente do Palácio da Redenção, até que sejam atendidos.


Os parlamentares informaram que há quatro meses pediram audiência com o governador para tratar do problema hídrico da cidade, mas que não obtiveram êxito. “Não temos mais tempo para aguardar uma data. Os movimentos populares têm nos mostrado que quando se quer algo, devemos que ir às ruas. Aprendemos com o povo, e nós somos povo. Se ele não nos receber, vamos pra frente do Palácio com a reivindicação, mesmo que paliativa, para que se traga a água que está lá em Acauã esperando ser transportada”, disse o vereador Ivan Batista (PROS).


Na sessão, o vereador Murilo Galdino (PSB), aliado do governador, se mostrou contrário ao posicionamento da maioria dos parlamentares presentes e pediu que eles aguardassem o agendamento do encontro com Ricardo. “Pedi uma semana de prazo, mas eles não concordaram. Infelizmente o governador não tem vaga para recebê-los essa semana”, disse. Entre os veradores governistas que querem pressionar RC estão Bruno Cunha Lima (PSDB), Pimentel Filho (PROS), Ivan Batista (PROS), e Ivonete Ludgério (PSB).


PBAgora

Nenhum comentário:

Postar um comentário