piemonte fm

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Pai morre afogado ao tentar salvar filhos em praia de João Pessoa

Homem e quatro filhos estavam pescando e não notaram subida da maré.

Outros três afogamentos foram registrados na Paraíba no final de semana.

Do G1 PB
Um pai, de 42 anos, morreu na tarde de domingo (23) em João Pessoa após se afogar na praia do Bessa tentando salvar três dos quatro filhos que pescavam com ele. Segundo relato do filho mais velho, João Antônio do Nascimento Silva, de 17 anos, ele, o pai e outros três irmãos de 8, 6 e 4 anos não perceberam a subida da maré durante a pescaria com arpão e não conseguiram chegar até a praia a nado.
O pai, Odair José da Silva, que trabalhava como técnico de segurança eletrônica, chegou a ser socorrido por outros banhistas, atendido pelo Samu ainda na praia e encaminhado para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. As três crianças também foram atendidas pelo Samu na praia do Bessa e duas delas, de 6 e 4 anos, também foram levadas para o Trauma.
Banhistas filmaram socorro à família na praia do Bessa, em João Pessoa (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)Banhistas filmaram socorro à família na praia do
Bessa (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)
Ainda segundo João Antônio, ele tentou socorrer os dois irmãos mais velhos, enquanto o pai ficou com o mais novo. “Eu peguei os dois e o pequeno ficou com ele, foi quando eu vi que meu pai já estava lá embaixo. Tentei levantar ele ainda, mas não consegui totalmente porque estava sem fôlego”, lamentou o adolescente. O nado para escapar da subida da maré foi prejudicado também por conta do material de pesca, ainda de acordo com o filho mais velho de Odair.
“Quando vi que ele [o pai] já estava afundando, aí gritei por socorro. Foi quando um pessoal que tava na praia viu e começou a nadar em direção à gente. Enquanto isso, meu pai já estava lá embaixo há bastante tempo. O meu irmão mais novo estava junto com ele, descendo também. Eles não conseguiam mexer mais nada”, relatou. A família foi retirada da água com a ajuda de cinco banhistas.
Dos dois filhos que deram entrada no Hospital de Trauma, apenas um, de 4 anos, seguia internado até a manhã desta segunda-feira (24) em estado de saúde considerado gravíssimo. O irmão de 6 anos recebeu alta na madrugada desta segunda, ainda de acordo com o Trauma.
Mais três afogamentos registrados no final de semana
No sábado (22), um homem desapareceu enquanto se banhava no Rio Sanhauá, próximo ao
local conhecido como Ponte do Baralho, na cidade de Bayeux, na Grande João Pessoa. O corpo só foi encontrado no domingo (23). Segundo a tenente Priscila, do Corpo de Bombeiros, a
família informou que o homem foi tomar banho no rio e não voltou mais.
“Começamos as buscas ontem [sábado] pela tarde, mas nada foi encontrado.  Hoje [domingo] retornamos e conseguimos recuperar o corpo”, disse. Uma parente da vítima, Cícera de Freitas, contou que ele bebia todos os  dias e que às vezes tinha ataques epilépticos. “Ele gostava de brincar no rio, mas do outro lado”, relatou.
Em São João do Cariri, na região da Borborema da Paraíba, duas crianças, de 9 e 12 anos, morreram afogadas enquanto banhavam um cavalo em uma cacimba no sábado. Os familiares estranharam a demora dos dois, entraram em contato a polícia e foram à procura. Os corpos dos dois meninos foram levados para Gerência de Medicina e Odontologia Legal (Gemol) de Campina Grande no domingo. Dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES) da Paraíba apontam que mais de 50 casos de afogamento foram registrados somente neste ano no estado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário