piemonte fm

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Homem é assassinado depois de reclamar de barulho de moto na Paraíba

Delegado Antônio Lopes informou que dias antes do crime, a vítima e o irmão dela já teriam comunicado ao pai do adolescente sobre o barulho e as manobras que o menor e amigos estavam fazendo em frente da casa

Polícia | Em 18/11/14 às 08h45, atualizado em 18/11/14 às 08h53 | Por Hyldo Pereira
Divulgação
Hospital de Trauma de Campina Grande
O barulho provocado por uma motocicleta teria sido o motivo que provocou a morte de um homem de 34 anos, na cidade de Campina Grande, no Agreste do estado. Segundo consta no relatório da Polícia Militar, a vítima foi morta ao ser atingida por oito facadas. O crime ocorreu na noite dessa segunda-feira (17), no sítio Porteira de Pedra, no distrito de Santa Terezinha.
O delegado de Homicídios, Antônio Lopes, informou que dias antes do crime, a vítima e o irmão dela já teriam comunicado ao pai do adolescente sobre o barulho e as manobras que o menor e amigos estavam fazendo em frente da casa. Os adolescentes teriam se comprometido que não voltariam mais a pilotar a moto pelas imediações do imóvel.
“Quando foi ontem (17) à noite, os adolescentes voltaram a fazer barulho e manobras em frente da casa. Daí, o homem foi reclamar com um dos garotos e teria o agredido. O adolescente foi comunicar ao pai que, armado, desferiu golpes de faca na vítima, que morreu dentro de um carro. A morte foi confirmada pelo médico do Samu. O irmão da vítima também foi esfaqueado. O acusado pelo crime foi baleado”, revelou o delegado.
As vítimas feridas foram levadas para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. “O acusado vai ser autuado em flagrante pelo homicídio. Agora vamos investigar de onde partiram os tiros que feriram o acusado”, disse o delegado Antônio Lopes. O corpo foi levado para o Instituto de Medicina Legal ( IML) de Campina Grande.

Nenhum comentário:

Postar um comentário