piemonte fm

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Ricardo diz que não tem medo de Aije e manda Cássio ir atrás de voto

Postado por Tião Lucena, 29 de Outubro de 2014 às 10:01


ricardo conexão
O governador reeleito Ricardo Coutinho (PSB) disse não estar preocupado com as Ações de Investigação Judicial Eleitoral  prometidas pela coligação do senador Cássio Cunha Lima após as eleições. Durante entrevista, Coutinho acusou o PSDB de cometer crimes eleitorais para inviabilizar sua vitória em todo o Estado.
Em tom ríspido, o governador recomendou que seus adversários tenham cuidado com investigações na justiça: “Porque não fui eu quem teve uma caminhonete apreendida cheia de dinheiro na mala. Eu não tenho medo de Aije. Um deputado entregando cesta básica com adesivo colado. Eu nunca vi isso. Então não sou eu quem deve ter medo de Aije”, frisou.
Para Ricardo, o método utilizado não foi honesto e nem suficiente para garantir a vitória do PSDB. O governador alfinetou o adversário que usava o slogan “campeão de votos” ao dizer que mesmo com “as tentativas de ilícito” o opositor teve menos votos: “Então amigo, vai atrás de voto. Espera quatro anos e vai atrás de voto”.
O governador disse que suas acusações podem ser comprovadas através de relatórios da Segurança Pública no período eleitoral: “Agora pode ir buscar na Polícia Federal, Polícia Militar e Civil e ver de onde partiram os ilícitos. Porque não foram da nossa coligação. Mas pelo pouco que saiu na imprensa e nas redes sociais a maioria da população sabe quem estava praticando ilícito e entregando dinheiro, foi a outra coligação”, revelou.
Ricardo parabenizou as polícias e a Justiça Eleitoral pela condução do processo eleitoral: “O que eu exigi foi que a polícia procurasse manter uma eleição limpa, segura e foi o que pedi ao presidente do TRE, quando liguei pra ele eu disse que fizesse de tudo para garantir a tranquilidade das eleições e foi feito”.
Polêmica Paraíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário