piemonte fm

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Polícia Federal pode começar greve nesta quarta, mas garante passaportes e outros serviços

Categoria aprovou indicativo na sexta-feira, mas recebeu proposta do Governo Federal e vai decidir se mantém a paralisação anunciada

Cidades | Em 21/10/14 às 10h35, atualizado em 21/10/14 às 11h01 | Por Redação
Gilmario Marques/Sinpef-PB
Agentes devem fazer manifestações
Os policiais federais fazem uma videoconferência às 14h desta terça-feira (21) de caráter urgente para discutir sobre uma proposta apresentada pelo Governo Federal a favor da categoria. Os profissionais em todo o Brasil discutem para avaliar o indicativo de greve, aprovado na sexta-feira (17) não só na Paraíba, mas também em todo o Brasil.


O presidente do Sindicato dos Policiais Federais na Paraíba, Sílvio Reis Santiago, disse ao Portal Correioque a paralisação de 72 horas poderá sofrer alterações a partir do que for decidido nesta tarde. Porém, ele adiantou que oi indicativo de greve está mantido.

A categoria pede reajuste salarial de 15,8% e aprovação da Medida Provisória 650 que regulamenta a exigência de nível superior para os policiais. A MP será votada pelo Senado no dia 28, mas se não for aprovada, perderá a validade.

Segundo o presidente do Sinpef na Paraíba, caso a paralisação seja mantida, como já foi definido, 30% dos serviços essenciais não devem ser interrompidos, como emissão de passaportes, segurança e fiscalização no Porto de Cabedelo e nos aeroportos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário