piemonte fm

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Lauro Maia continua com Ricardo mesmo com a adesão de Gervásio. E acunha: "Quando ele chegou, eu já estava"

Postado por Tião Lucena, 14 de Outubro de 2014 às 15:56

"Não tenho nada com isso, quando ele chegou eu já estava. Não devo satisfação a ele", reagiu o ex-prefeito de Catolé do Rocha, Lauro Maia, ao ser indagado se permanecia no apoio ao governador Ricardo Coutinho depois da adesão do seu primo e hoje desafeto Gervásio Maia. Lauro garantiu que continuará apoiando o governador, até porque essa decisão foi tomada ainda no primeiro turno e não tem porque mudar.
Quanto a Gervásio, Lauro o tachou de oportunista, pois, segundo ele, vivia criticando o governador e disse a imprensa que votaria em Cássio Cunha Lima.“Ele (Gervásio) falou que ia votar em Cássio. Como é que o cara fala que Ricardo é ruim e no outro dia decide estar junto?”, questionou.
Lauro e Gervásio eram aliados até perto das eleições, mas romperam depois que Gervásio, segundo Lauro, foi flagrado na cama com a mulher do ex-prefeito, "coisando".

Nenhum comentário:

Postar um comentário