piemonte fm

domingo, 28 de setembro de 2014

Reta final da campanha intensifica agenda dos candidatos a governador da Paraíba

Estrategia adotada pela maioria dos postulantes para garantir a preferência do eleitorado consiste em participar de debates e grandes eventos de campanha, como comícios, carreatas e passeatas

Eleições | Em 28/09/14 às 07h59, atualizado em 28/09/14 às 08h23 | Por Naira Di Lorenzo
Reprodução/Montagem: Portal Correio
Candidatos a governador da Paraíba
A sete dias da eleição, a campanha eleitoral entra na sua reta final e os candidatos a governador da Paraíba irão intensificar a agenda por todo o estado, priorizando regiões estratégicas, para impulsionar a conquista de votos até o dia 5 de outubro, data do primeiro turno.


A estratégia adotada pela maioria dos postulantes para garantir a preferência do eleitorado consiste em participar de debates e grandes eventos de campanha, como comícios, carreatas e passeatas. 

Vital do Rêgo Filho (PMDB) é um dos candidatos que precisará se dividir para dar conta de todas as atividades programadas. Ele afirmou que participará de todos os debates a qual foi convidado e promoverá eventos em todo o estado. “Estaremos nos grandes centros e nas cidades do interior. Iremos a municípios que eu ainda não estive. Minha candidatura saiu atrás dos outros candidatos, pois só começou no dia da convenção e é impossível estar em todas as cidades, mas faremos principalmente caravanas, em que nós conseguimos visitar até 10 cidades no mesmo dia. Manteremos contatos com as lideranças políticas. Participarei de todos os debates, entrevistas e sabatinas. Quero mostrar que tenho propostas para a Paraíba”, disse.
O candidato do Psol, Tárcio Teixera, disse que concentrará sua campanha na grande João Pessoa em busca de votos no corpo a corpo. “A gente tinha a pretensão de fazer nossa campanha apenas onde tinham pessoas interessadas em discutir. A princípio iríamos a apenas a 12 municípios, mas nossa campanha cresceu tanto que fomos a 30. O que muda nesta reta final é que agora vamos priorizar a Grande João pessoa provendo atividades de rua, como panfletagens em escolas, universidade, fábricas e estabelecimentos comerciais”, contou.

O governador Ricardo Coutinho (PSB), que disputa a reeleição, destacou que não haverá alteração na sua estratégia de campanha, mas sua agenda também será intensificada. Ele participará de grandes eventos e promoverá atividades todos os dias no interior, que podem ter sua presença ou não. “Iremos ter grandes eventos, tais como a carretas em Campina Grande e na Capital. Também faremos o ‘João Pessoa 40 Graus’, que ocupara vários bairros simultaneamente e a ‘Girassoca’. Faremos panfletagens, comícios e caravanas”, afirmou. 

Major Fábio (Pros) foi o único dos candidatos que não terá atividades de ruas, segundo ele, nesta reta final ele priorizará participar de debates e entrevistas. “Vamos continuar participando dos debates e entrevistas. Sei da dificuldade de concorrer com quem esta ganhando milhões. Não vou acelerar por conta porque não ganho doações milionárias de empresas. Estamos tendo uma campanha desigual. Não vou me desesperar e nem desesperar ninguém. Focarei nos debates”, destacou.

Cássio Cunha Lima (PSDB) ressaltou que irá intensificar a participação em comícios e marcará presença em todos os debates nesta reta final. De acordo com ele, o foco será mantido na apresentação de propostas. “Nestes últimos dias, iremos também participar de debates promovidos todas as emissoras de televisão e ainda teremos um debate da Rádio Correio. Devemos intensificar a participação de comícios em todas as regiões do estado além de caminhadas e carreatas. O foco se mantém como sempre na a apresentação de propostas à sociedade”, disse.

Já Antônio Radical (PSTU) afirmou que concentrará as atividades na Grande João Pessoa. Ele alegou que a estrutura de sua campanha o impede de visitar todos os municípios do estado. As atividades serão principalmente de panfletagem. “Vamos concentrar nossa campanha na Grande João Pessoa, até por causa da nossa estrutura de campanha. Faremos atividades de corpo a corpo nos bairros operários de Bayeux, Santa Rita e João Pessoa”, contou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário