piemonte fm

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Irmãos são vítimas de emboscada e mortos a tiros e golpes de facão na Paraíba

As vítimas teriam sido interceptadas por homens armados quando os irmãos passavam de moto por uma estrada de barro

Polícia | Em 15/09/14 às 10h46, atualizado em 15/09/14 às 11h41 | Por Hyldo Pereira
Reprodução/ Francinaldo Júnior/ WhatsApp
Irmãos foram mortos num estrada de barro
Um casal de irmãos foi assassinado a tiros e golpes facão na zona rural da cidade de Pedras de Fogo, na região da Zona da Mata paraibana. O crime ocorreu no início da manhã desta segunda-feira (15). As vítimas foram vítimas de uma emboscada.
De acordo com Paulo Martins, delegado que investiga o caso, o duplo assassinato ocorreu no sítio Riacho d’ água. Os irmãos teriam sido interceptados por homens armados quando os  passavam de moto por uma estrada de barro.
“Quatro homens estavam escondidos dentro do mato e quando os irmãos passaram em uma motocicleta com destino a um ponto de ônibus, os acusados saíram do esconderijo e efetuaram tiros contra eles. Gildo Adebar dos Santos, 37 anos, já cumpriu pena por diversos assaltos na região. Era uma pessoa tida como perigosa. Gelda José dos Santos, 33 anos, morreu porque estava na hora e local errados”, disse o delegado.
Paulo Martins disse que Gildo Adebar ainda sofreu diversos golpes de facão na cabeça depois ter sido morto a tiros. Os corpos foram levados para a Gerência Executiva de Medicina e Odontologia (Gemol), no bairro do Cristo Redentor, em João Pessoa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário