RADIO PIEMONTE FM

piemonte fm

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Cestas básicas tinham santinhos de dois deputados e seriam distribuídas em JP

Juiz informou que a Polícia Federal vai fazer um relatório sobre o caso e deve solicitar que o Ministério Público Eleitoral analise o material que foi apreendido, de forma que as investigações tenham continuidade

Eleições | Em 12/09/14 às 13h01, atualizado em 12/09/14 às 18h52 | Por Naira Di Lorenzo, Alisson Correia e Ewerton Correia
Reprodução/Fenapef
Polícia Federal
O juiz da Propaganda Eleitoral, Ricardo Freitas, disse no fim da tarde desta sexta-feira (12) que duas mulheres estariam distribuindo dez cestas básicas com ‘santinhos’ de dois candidatos, sendo um a deputado federal e outro estadual, no Bairro São José, em João Pessoa. Essa é a primeira denúncia do tipo registrada pela Justiça Eleitoral este ano.


Ele disse ao Portal Correio que duas mulheres foram levadas para prestar esclarecimentos na delegacia da Polícia Federal em Cabedelo, na Grande João Pessoa. Uma delas informou em depoimento que os produtos que ela portava eram da outra investigada. Procurada pela polícia, essa segunda mulher disse que as cestas básicas não tinham relação com campanha e que tudo se tratava de um trabalho social.

Freitas informou que a Polícia Federal vai fazer um relatório sobre o caso e deve solicitar que o Ministério Público Eleitoral analise o material que foi apreendido, de forma que as investigações tenham continuidade.

O juiz lembrou que qualquer caso suspeito de crime eleitoral pode ser denunciado pelo telefone 3512 1001.

Entenda caso

Uma equipe de fiscalização da Justiça Eleitoral da Paraíba com apoio da Polícia Federal cumpriu três mandatos de busca e apreensão, nesta sexta-feira (12), para apurar uma denúncia de crime eleitoral no bairro. 

“Recebemos a denúncia de que um candidato estaria distribuindo cestas básicas no bairro São José com objetivo eleitoreiro”, disse o juiz Ricardo Freitas. 

Foram encontradas dez cestas básicas em uma residência e diversos materiais de campanha, como cavaletes, adesivos e santinhos, em um estabelecimento comercial. O material foi apreendido e recolhido para verificação na sede da Polícia Federal, em Cabedelo, na Grande João Pessoa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário