piemonte fm

domingo, 14 de setembro de 2014

Campinense vence mas está eliminado da Série D; houve confronto de torcidas no Amigão

Rubro-negro necessitava aplicar uma goleada com diferença de no mínimo três gols e torcer para uma combinação de resultados na última rodada, para tentar a classificação

Futebol | Em 14/09/14 às 17h57, atualizado em 14/09/14 às 18h08 | Por Halan Azevedo
Reprodução
Amigão, Campina Grande
Mesmo vencendo o Central por 1x0, o Campinense está fora da Série D do Campeonato Brasileiro 2014. No jogo deste domingo (14), no Amigão, em Campina Grande, a Raposa precisava aplicar uma goleada com diferença de no mínimo três gols e torcer para uma combinação de resultados na última rodada, para tentar a classificação.


O primeiro tempo do jogo foi morno. A Raposa dominou a posse de bola e abriu o placar aos 16 minutos, quando o atacante Zé Paulo partiu em velocidade e foi derrubada dentro da área por Diego Góis, volante do Central, que foi expulso. O árbitro marcou pênalti e, na cobrança, Wanderley marcou.

Depois do gol, a Raposa relaxou vindo a incomodar, com perigo, a defensiva do Central apenas aos 30 minutos. Mais uma vez Zé Paulo partiu em velocidade e chutou para uma bela defesa do goleiro Juninho.

Nem mesmo o homem a mais em campo fez o Campinense pressionar o Central durante o segundo tempo. O jogo continuou com poucas jogadas de perigo. O Central, apenas se defendendo, deixou claro que o objetivo era empatar ou, como aconteceu, perder pelo mínimo de gols possível.

Com o fim do jogo, a Raposa se despediu da Série D 2014. Resta agora, a diretoria organizar as dispensas da comissão técnica, dos jogadores e pensar na montagem do elenco para a temporada 2015, onde o rubro-negro tem a voltará a disputar a Copa do Nordeste e o Campeonato Paraibano.

Confusão entre torcidas


A nota triste da partida foi à nova confusão envolvendo torcidas organizadas em jogos do Campinense. Testemunhas relataram que pedras foram utilizadas por torcedores da Raposa e do Central no confronto. Carros particulares e ônibus de transporte das torcidas foram apedrejados. Um torcedor do Campinense foi atingido por pedras e levado ao Hospital de Trauma da cidade.

A Polícia Militar que estava no local foi chamada para intervir no conflito, mas não informou se suspeitos foram detidos durante a ação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário