RADIO PIEMONTE FM

piemonte fm

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Juízes pedem ao TRE antecipação do reforço de segurança para as eleições

Desembargador entregou relatório das 77 zonas eleitorais aos representantes da força de segurança; Cláudio Lima antecipou que serão utilizados 4.500 mil PM’s e cerca de 900 policiais civis para atender à justiça eleitoral
Eleições | Em 21/08/14 às 22h53, atualizado em 21/08/14 às 23h46 | Por Redação
Divulgação
Reunião que debateu o plano de segurança das eleições
O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba já recebeu de juízes de algumas comarcas um pedido de antecipação do reforço no aparato de segurança pública que vai atuar no processo eleitoral deste ano. Nesta quinta-feira (21) o presidente do TRE, desembargador Saulo Benevides, se reuniu com representantes da Policia Militar, Policia Civil, Policia Rodoviária Federal e Policia Federal. Ele entregou aos representantes das forças de segurança um documento elaborado com base nos relatórios dos juízes das 77 zonas eleitorais.



Na próxima semana, ocorrerá outra reunião, na sede do TRE, quando a Secretaria de Segurança apresentará o plano que será colocado em pratica.

Segundo o secretário de Segurança e Defesa Social, Cláudio Lima, devem atuar nesse reforço solicitado pelo TRE, cerca de 4.500 homens da PM e mais 900 da Policia Civil. Ele revelou que esse contingente deve se concentrar nos maiores colégios eleitorais da Paraíba, a exemplo de Santa Rita, Campina Grande, Patos, Sousa, Cajazeiras entre outros.

Cláudio Lima, lembrou que a ação conjunta entre os órgãos acontece desde as eleições de 2012, e afirmou que o trabalho terá um bom resultado. “Acho que nós teremos um pleito que será dentro da maior normalidade possível. Na ultima eleição, nós já tivemos um trabalho integrado com a Policia Militar, Policia Civil, e a Justiça Eleitoral participando desse processo na coordenação. Temos certeza que realizaremos um trabalho a ponto de garantir a lisura do pleito e garantir um voto seguro”, disse.

O superintendente da Policia Federal no Estado, Nivaldo Farias, disse que a intenção da instituição é instalar 25 postos de atuação espalhados pelo interior do Estado. Ele adiantou que a definição do contingente e a localização desses postos serão definidos pela superintendência nacional, em Brasília-DF. 

O desembargador Saulo Benevides, disse que quase todos os juízes das zonas eleitorais estaduais pediram reforço na segurança durante a eleição. Sobre o plano de segurança, ele afirmou que será apenas ajustado aos pedidos feitos pelo TRE. ”A Policia Militar, a Policia Civil do Estado e a Policia Federal, já tem o esboço de planejamento para o Estado da Paraíba. Agora eles vão comparar com os nossos pedidos, os nossos pleitos. Eles vão fazer a adequação necessária para que eles elaborem o plano final de segurança”, concluiu.

Receberam cópias do documento, o superintendente da Polícia Federal, Nivaldo Farias; o superintendente substituto da Polícia Rodoviária Federal, inspetor Lucas Lucena; o secretário de Segurança e Defesa Social, Cláudio Lima, o comandante da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, e o superintendente da Polícia Civil, Carlos Alberto Ferreira da Silva. Estiveram presentes, além dos já citados, o vice-presidente do TRE, desembargador João Alves; o corregedor, juiz Tércio Chaves de Moura, e o procurador eleitoral, Rodolfo Alves.

Nenhum comentário:

Postar um comentário