RADIO PIEMONTE FM

piemonte fm

terça-feira, 5 de agosto de 2014

Fiéis lotam ruas de João Pessoa durante procissão da padroeira

Moradores de cidades vizinhas caminharam pelo Centro da capital paraibana.
Procissão encerrou a programação religiosa da Festa das Neves.

Do G1 PB
Imagem de Nossa Senhora das Neves segue com os fieis na procissão pelas ruas do Centro de João Pessoa (Foto: Valéria Sinésio / G1)Imagem de Nossa Senhora das Neves segue com os fieis na procissão pelas ruas do Centro de João Pessoa (Foto: Valéria Sinésio / G1)
Fiéis de várias cidades da Paraíba acompanharam a procissão de Nossa Senhora das Neves, padroeira da cidade de João Pessoana tarde dest terça-feira (5), no Centro da capital. Uma delas foi a aposentada Luiza Laurentino Andrade, que mora em Mogeiro e há cinco não perde o evento religioso, considerado por ela um dos mais bonitos do catolicismo. “É uma procissão que traz muita energia, sou devota de Nossa Senhora das Neves e não poderia faltar”, declarou.
Maurícia participa da procissão de Nossa Senhora das Neves, em João Pessoa (Foto: Valéria Sinésio / G1)Maurícia participa da procissão há 25 anos
(Foto: Valéria Sinésio / G1)
A também aposentada Maurícia Amâncio da Silva disse que há 25 anos acompanha a procissão. “Estou aqui pela fé. Vim pedir a Deus o restabelecimento da minha saúde, mas também vim agradecer pela minha vida, minha família, e tudo o que sou e tenho”, afirmou. Emocionada, ela revelou que está enfrentando um momento difícil e que a procissão de Nossa Senhora das Neves tem um significado muito especial para ela.
A dona de casa Adriana Clemente há seis anos vai à romaria acompanhada da mãe. Este ano, pela primeira vez, levou também a filha, que tem apenas seis meses de vida. “Quero que Beatriz [a filha] siga o mesmo caminho, que seja católica, que acredite na intercessão de Nossa Senhora e que seja uma pessoa solidária com todos”, destacou.
Gláuber Barbosa afirmou que foi a procissão pedir proteção e agradecer (Foto: Valéria Sinésio/G1)Glauber Barbosa afirmou que foi a procissão pedir
proteção e agradecer (Foto: Valéria Sinésio/G1)
Para Glauber Barbosa, a procissão é um momento de externar a fé. “Estou aqui para pedir proteção para mim, para minha família e também para João Pessoa, cidade linda que comemora 429 anos no dia de hoje”, frisou. “Acredito que todos que estão aqui têm o mesmo propósito que eu, de pedir proteção, mas também de agradecer”, comentou.
O casal de namorados Anália Greicy da Silva e Patrick Ramon da Silva acompanhou, pelo segundo ano, a procissão. De famílias católicas, os jovens disseram que decidiram ir juntos à romaria para agradecer por graças alcançadas. “É, antes de tudo, um momento de reflexão”, afirmou Anália. Patrick, por sua vez, disse que considera a procissão o maior evento religioso da Paraíba que por isso não poderia ficar de fora.
Dentre os fiéis estavam duas mulheres, amigas desde a adolescência, que se chamam Maria das Neves e que compartilhavam o mesmo sonho: conhecer a Catedral Basílica de Nossa Senhora das Neves no dia do aniversário da cidade. A coincidência de nomes rendeu momentos emocionantes das duas aposentadas, que moram em Pernambuco, em frente à Igreja. “Queremos voltar todos os anos. João Pessoa é linda e esse dia será inesquecível para nós”, revelou.
A procissão de Nossa Senhora das Neves encerrou a programação religiosa da Festa das Neves em João Pessoa. O arcebispo da Paraíba, dom Aldo Pagotto, conduziu a romaria e pediu aos fiéis que sejam mais compreensivos e solidários uns com os outros. A cidade de João Pessoa completa 429 anos nesta terça-feira

Nenhum comentário:

Postar um comentário