piemonte fm

terça-feira, 1 de julho de 2014

Ricardo define vice, mas só o apresenta nesta terça-feira durante entrevista coletiva


Em convenção, irmãos Cartaxo participaram e disseram que houve diálogo com a candidata à presidência Dilma Roussef, esclarecendo que não há intervenções do PT nacional na aliança com o PSB
Eleições | Em 30/06/14 às 20h28, atualizado em 01/07/14 às 11h53 | Por Alisson Correia e Naira Di Lorenzo
Naira Di Lorenzo
Convenção do PSB em João Pessoa
O candidato ao governo da Paraíba, Ricardo Coutinho, chegou ao Forrock por volta das 20h para a convenção estadual do Partido Socialista Brasileiro (PSB) em João Pessoa, que começou pouco depois das 17h. Apesar disso, ele só definiu o vice por volta das 23h e pelo Twitter comunicou que o apresenta nesta terça-feira (1º) durante entrevista coletiva, às 16h, na sede da Associação Campinense de Imprensa, em Campina Grande.



Ricardo chegou à convenção sem ter definido sobre o vice e anunciando que a decisão seria tomada até a meia-noite da segunda (30). Ele chegou acompanhado de Luciano e Lucélio Cartaxo, confirmado para concorrer ao Senado.

Assim que chegaram, os irmãos Cartaxo falaram com a imprensa e disseram que houve diálogo com a candidata à presidência Dilma Roussef, esclarecendo que não há intervenções do PT nacional na aliança com o PSB na Paraíba.

De forma indireta Coutinho fez duras críticas ao concorrente Cássio Cunha Lima e manteve o suspense acerca do vice, que, segundo ele, será alguém de Campina Grande. 
“Hoje vemos interesses de agrupamentos partidários para barrar o avanço da Paraíba. Mas eles não sabem como quem estão lidando. Eles acham que conseguem enganar o povo. Nossa historia é feita com coragem e determinação. É uma historia limpa, determinada. Nós voamos para levar uma boa nova para dizer ao nosso povo que é possível governar diferente. Erramos, pois todos erram, mas avançamos muito. A Paraíba passou a conviver com o empreender, com o pacto social, com o orçamento democrático. Eles não sabem que quem tem uma militância como essa não tem medo de nada. Não vamos permitir que a Paraíba tenha aquele retrocesso”, discursou. 
Em discurso, Luciano Cartaxo (PT) disse que eles vão continuar mudando a Paraíba e criticou coligações que, segundo ele, se uniram pelo ódio. Ele falou que a aliança entre PT e PSB foi feita de forma clara, "à luz do dia". Cartaxo também agradeceu o apoio do PT nacional e da candidata à reeleição na presidência, Dilma Rousseff, confirmando que ela terá palanque na Paraíba, da mesma maneira que Ricardo vai colaborar de forma legítima com a campanha de Eduardo Campos no estado.
Lucélio Cartaxo (PT), candidato ao Senado, falou que a aliança entre PT e PSB é histórica, coerente e não é recente, defendendo as democracias e divergências. Ele também afirmou que, ao contrário do que foi especulado, o PT nacional aprovou a aliança e defendeu que ela é boa para João Pessoa.
Voltando a falar, dessa vez em discurso, Ricardo Coutinho continuou criticando os adversários e atacou Rômulo Gouveia, dizendo que sofreu um golpe dele que decidiu apoiar Cássio. Ricardo enfatizou obras e feitos enquanto esteve à frente da gestão do Estado e também continuou defendendo o que poderá fazer se for reeleito.
Durante a convenção, o PSB confirmou que já tem o apoio de nove partidos: PSL, PPL, PV, DEM, PC do B, PT, PHS, PRP e PRTB. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário