sexta-feira, 4 de julho de 2014

Incêndio em supermercado na PB deixou 24 intoxicados, diz hospital

Segundo Trauma de João Pessoa, cinco pessoas continuam internadas.
Incêndio destruiu unidade do Pão de Açúcar na noite de quinta-feira (3).

Do G1 PB
Segundo nota do supermercado, o incêndio teve inicio na área interna do estabelecimento e os funcionários imediatamente acionaram os Bombeiros  (Foto: Walter Paparazzo/G1)Fogo começou no depósito do estabelecimento,
segundo nota  (Foto: Walter Paparazzo/G1)
Cinco pessoas continuam internadas no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa devido à intoxicação por inalação de fumaça causada por um incêndio no supermercado Pão de Açúcar no bairro do Manaíra, em João Pessoa. De acordo com boletim médico divulgado pelo hospital no início da manhã desta sexta-feira (4), um total de 24 pessoas deram entrada na unidade. Uma mulher de 29 anos permanece internada em estado gravíssimo, enquanto outras quatro pessoas estão sob observação em estado considerado regular.
O incêndio atingiu inicialmente o depósito que fica na parte dos fundos do prédio do supermercado Rede Pão de Açúcar que fica na avenida Flávio Ribeiro Coutinho, também conhecida como Retão de Manaíra, na noite desta quinta-feira (3) emJoão Pessoa.
 
Diversas unidades do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel a Urgências (Samu) foram deslocadas até o local para atender as pessoas que estavam no supermercado. O estabelecimento foi evacuado pelas equipes do Corpo de Bombeiros. Nove pessoas precisaram ser resgatadas e receberam atendimento preliminar do Samu na área externa do estabelecimento.
Entre os pacientes encaminhados para o Trauma, estavam bombeiros que ajudaram a combater o fogo no supermercado. Ainda conforme assessoria do Hospital de Trauma, não houve feridos por queimadura.

Uma mulher gestante de 34 anos precisou ser encaminhada para a Materniadade Cândida Vargas, no bairro de Jaguaribe em João Pessoa, para exames mais específicos durante a noite de quinta e recebeu alta médica na manhã desta sexta. As outras 17 pessoas que foram atendidas no Hospital de Trauma receberam alta médica, a maioria delas por volta das 4h desta sexta-feira (4).   
Algumas pessoas precisaram ser resgatadas e receberam atendimento preliminar do Samu na área externa do estabelecimento (Foto: Walter Paparazzo/G1)Nove pessoas precisaram ser resgatadas e
receberam atendimento preliminar do Samu
(Foto: Walter Paparazzo/G1)
Em nota, a direção do Pão de Açúcar a confirmou que o incêndio teve inicio na área interna do estabelecimento e que os funcionários imediatamente acionaram o Corpo de Bombeiros que se dirigiu ao local. "A rede tem grande interesse e irá contribuir com os órgãos competentes para investigação e esclarecimento do fato", diz a nota.

Ainda segundo a rede de supermercados,  nenhum cliente foi atingido. “A empresa está empenhada no atendimento aos colaboradores que já foram encaminhados ao hospital e segue prestando todo atendimento necessário".
As primeiras informações eram de que o incêndio teria começado após uma explosão em um poste, mas a assessoria de imprensa da Energisa, concessionária de energia elétrica do Estado, informou que o fogo começou no supermercado e que este teria afetado as linhas de alta tensão, deixando as ruas no entorno do supermercado no escuro. A Energisa informou que a energia do bairro foi reestabelecida por volta das 21h. 

Ainda segundo a concessionária de energia, o incidente interrompeu o fornecimento de energia elétrica para quase 2,5 mil clientes no início da noite e cerca de 45 minutos após a suspensão, mais da metade deles tiveram o abastecimento normalizado. O reparo na rede de alta tensão mobilizou quatro equipes que realizaram todos os procedimentos necessários à normalização do fornecimento de energia na região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário