sábado, 28 de junho de 2014

Torres vê traição em decisão de Rômulo


Torres vê traição em decisão de Rômulo

I



O Secretário de Comunicação do Governo da Paraíba, Luís Torres classificou a decisão do vice-governador da Paraíba, Rômulo Gouveia (PSD) de romper com o PSB como o episódio de traição mais forte da política paraibana nestas eleições.

Em entrevista ao programa Correio Debate, o auxiliar disse ainda que em nenhum momento o vice governador teve a coragem de antecipar a decisão para Ricardo Coutinho, tendo tomado a decisão “na calada da noite”.

“Devo acreditar que todo governo, toda a Paraíba foi pega de surpresa diante de uma postura tomada e negociada por Rômulo e o que mais surpreendeu foi a justificativa dele, que confronta e violenta a realidade”, disse.

Conforme o secretário, Rômulo Gouveia foi informado sim de todas as articulações do PSB, inclusive tendo dado aval ao governador Ricardo Coutinho para debater com outras agremiações.

“Durante todo esse início de processo de alianças, Rômulo foi avisado de todos os passos que foram adotados em relação às composições políticas, Ricardo tratou pessoalmente com Rômulo sobre essa questão. Ricardo sempre disse que Rômulo era o comandante e condutor do processo de construção da chapa, então, diante disso, eu posso dizer que Rômulo protagoniza um dos episódios de traição mais fortes da política da Paraíba”, asseverou.

Torres também acusou o vice-governador de ter articulado o rompimento de forma covarde, já que não teve, em nenhum momento, a coragem de olhar nos olhos do governador para dizer que não estava satisfeito com o andamento das composições.

“Ele não teve coragem de olhar nos olhos do governador, ele tomou essa decisão sem a coragem de fazer pessoalmente, não houve por parte de Rômulo uma frase sequer que viesse a frear as articulações do PSB, pelo contrário, Rômulo deu total aval para que Ricardo pudesse construir as alianças, mas para surpresa de todos, ele aparece agora com um discurso novo, talvez para justificar o injustificável”, reagiu.


Márcia Dias

PB Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário