RADIO PIEMONTE FM

piemonte fm

quinta-feira, 5 de junho de 2014

Polícia procura chefe de gabinete de prefeito acusado de tentativa de homicídio na Paraíba

Segundo o major Sérgio Fonseca, comandante do 10º BPM, após praticar o crime, o chefe de gabinete fugiu sem prestar socorro; PM faz buscas pela área
Polícia | Em 05/06/14 às 08h19, atualizado em 05/06/14 às 08h30 | Por Hyldo Pereira
Divulgação/ ascom
Caso ocorreu no Centro de Areial
Uma confusão em frente da casa do prefeito da cidade de Areia, no Agreste do estado, terminou com uma pessoa ferida a golpes de faca. O acusado pela tentativa de homicídio é o chefe de gabinete da prefeitura local, o advogado Mário Romero, conforme disse ao Portal Correio, o tenente Arimateia Silva, do 10º Batalhão de Polícia Militar. O caso ocorreu na noite desta quarta-feira (4).
O tenente Arimateia – que atendeu a ocorrência – relatou que por volta das 21h, uma guarnição foi acionada para conter um tumulto na casa do gesto municipal. Quando os policiais chegaram constataram que uma pessoa sofreu três perfurações por arma branca.
“O Clemildo de Lima, de 42 anos, foi atingido nos braços e abdômen. Devido à gravidade de um dos golpes, ele foi levado para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande por uma ambulância local. O acusado pelo crime é o chefe de gabinete do prefeito, o advogado Mário Romero, que teria praticado a tentativa de homicídio durante uma discussão. O motivo ainda não posso revelar”, disse o tenente.
Segundo o major Sérgio Fonseca, comandante do 10º BPM, após praticar o crime, o chefe de gabinete fugiu sem prestar socorro. “As guarnição fizeram buscas na cidade, mas até às 8h ele não tinha sido preso nem se apresentou espontaneamente as autoridades policiais”.
O estado de saúde de Clemildo de Lima é regular. “Eu estive pessoalmente visitando a vítima e passa bem. Ele não corre risco de morte”, comentou o tenente Arimatéia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário