piemonte fm

quinta-feira, 29 de maio de 2014

Mulher se entrega e confessa que participou na morte de idoso durante assalto em Campina

Segundo o delegado da Roubos e Furtos, Henry Fábio, a mulher se apresentou na companhia de um advogado
Polícia | Em 28/05/14 às 20h48, atualizado em 28/05/14 às 21h28 | Por Hyldo Pereira
Divulgação Polícia Civil 12
Thayná Dayane se entregou em Campina Grande
Uma jovem de 18 anos se apresentou na Central de Polícia de Campina Grande, no Agreste do estado, e confessou que participou do latrocínio (roubo seguido de morte) ocorrido na segunda-feira (26) no Centro de Campina Grande. José Zacarias da Silva, 64 anos, morreu ao ser atingido com um tiro na nuca.
Segundo o delegado da Roubos e Furtos, Henry Fábio, a mulher se apresentou na companhia de um advogado. Ela recebeu voz de prisão e, inicialmente, negou a participação no crime, mas terminou confessando. As imagens divulgadas pela Polícia Civil ajudaram nas investigações.
“Logo no início do interrogatório, ela disse que teria sido convidada para participar de um programa sexual e receberia por isso R$ 500. Mas, com o decorrer do tempo, ela confessou a participação e disse que mais duas pessoas estão envolvidas no latrocínio. Porém, nossas investigações apontam a participação de mais três pessoas”, disse o delegado.
Henry Fábio não deu detalhes de como foi a partilha do dinheiro roubado nem o destino dado a ele. “Não posso divulgar com eles dividiram o dinheiro e nem quanto foi roubado porque estamos em diligência e a informação poderá prejudicar as investigações”, frisou.
O delegado ainda informou que a jovem já possui ficha criminal por furto. “Ela ficou preso por mais de um ano no estado do Piauí por furto”, confirmou Henry Fábio dizendo que a jovem será transferida para o presídio feminino de Campina Grande nesta quinta-feira (28).
O crime
José Zacarias foi assassinato após reagir a um assalto na tarde desta segunda-feira (26) em Campina Grande, no Agreste paraibano, a 125 quilômetros de João Pessoa. O latrocínio aconteceu em uma casa lotérica localizada na rua Barão do Abiaí, no Centro da cidade, por volta das 17h.
De acordo com o comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar de Campina Grande, tenente-coronel Lívio Delgado, o idoso saiu do trabalho, em uma loja de tecidos, para depositar o dinheiro da empresa na casa lotérica. Segundo ele, no trajeto a vítima foi seguida por um homem e uma mulher.
Conforme informou o tenente-coronel Lívio Delgado, já na casa lotérica a dupla anunciou o assalto. O idoso reagiu e entrou em luta corporal com um dos suspeitos, que mesmo após conseguir pegar o dinheiro atirou contra a vítima. O tiro atingiu a nunca da vítima que morreu no local.

Nenhum comentário:

Postar um comentário