quarta-feira, 19 de março de 2014

Suspeito de atear fogo em jovem assume agressão e é liberado pela polícia

Segundo o delegado, havia uma relação de amizade entre eles, já são vizinhos
Polícia | Em 19/03/14 às 08h02, atualizado em 19/03/14 às 09h04 | Por Redação
Reprodução/Google
Sapé-PB
O suspeito de atear fogo numa jovem de 23 anos na cidade de Sapé, Mata Paraibana a 55 km de João Pessoa, se apresentou espontaneamente acompanhado de um advogado na terça-feira (18) e confessou ter cometido a agressão em depoimento à polícia. 
Segundo o delegado de Sapé, Frederico Magalhães, durante o depoimento, o mototaxista disse que não se lembra de detalhes do fato, pois havia ingerido bebida alcoólica durante todo o dia. “Ele se mostrou arrependido e não soube informar o motivo que o levou a atear fogo na vítima”, comentou o delegado. Ainda segundo Frederico Magalhães havia uma relação de amizade entre eles, já que são vizinhos.
Ele foi ouvido e liberado em seguida pela Polícia Civil. “Liberamos o suspeito, porque as condições não atendiam às prerrogativas de prisão temporária”, esclareceu Magalhães. Ele ainda disse que dependendo do andamento da investigações, ainda poderá pedir a prisão preventiva do suspeito.
O crime aconteceu no último domingo (16), quando o suspeito queimou a jovem após uma discussão em um bar em Sapé. Segundo relato de testemunhas, o suspeito saiu do bar após brigar com a vítima e retornou com um líquido inflamável na mão. Ele jogou o líquido na jovem e tocou fogo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário